Melhor da Bahia

O site melhordabahia.com trás muitas informações sobre as muitos locais turísticos da Bahia

PASSEIO DE ESCUNA NA BAÍA DE TODOS OS SANTOS

05/07/2020 14:28h

Que tal navegar nas águas amplas, límpidas e calmas de Kirimurê, o "grande mar interior". Nestas águas, estão localizadas 56 ilhas, formando a maior baía do litoral Brasileiro: a Baía de todos os Santos. A Baía de todos os Santos é um cenário que guarda segredos e muitas histórias interessantes, portanto, a única missão difícil aqui, será escolher a mais bonita das ilhas. A Baía tem área de aproximadamente 800 km² de extensão pelo continente e 300km² de contorno litorâneo. Tem esse nome porque foi avistada pela primeira vez pelos portugueses em 1º de novembro de 1501, o dia de todos os santos. A Baía de todos os Santos foi à fonte de inspiração para dá nome ao estado da Bahia. Um mar de águas calmas e cristalinas, envoltos pela Mata Atlântica no lado continental e por uma sucessão de manguezais, restingas e recifes de corais no lado oceânico. É nas águas mornas do litoral da Baía que as baleias Jubarte se reproduzem. Devido a sua importância, foi declarada sede da Amazônia Azul, tendo como proposta estabelecer um marco mundial de debates sobre a economia do mar, inteligência naval e cadeia produtiva. As ilhas revelam igrejas, como a de Itaparica, fundadora da matriz religiosa católica no Brasil, ou a Igreja de Nossa Senhora de Loreto, símbolo da atuação dos jesuítas, responsáveis pelo processo de catequização indígena. É possível apreciar também patrimônios arquitetônicos, paisagístico, históricos, naturais e culturais. A baía revela uma generosidade, traduzida na farta pescaria que sustenta os ribeirinhos; na fé que contagia aos que a visita; e na alegria transbordante de sua majestosa beleza. Para usufruir dessa imensidão de beleza, é possível ao apreciador conhecer os principais roteiros indicados para um passeio de lancha ou escuna, e se permitir navegar nessa aventura de viver momentos marcantes e inesquecíveis. Os roteiros mais acessíveis são as visitas às ilhas de Itaparica, Ilha de Maré e Ilha dos Frades, saindo de Salvador. Ainda em Salvador é possível vislumbrar uma belíssima vista parcial da cidade, do Forte de São Marcelo, Porto da cidade, Península de Itapagipe, Igreja do Bonfim, Forte e Igreja do Monte Serrat e Ponta do Humaitá.

A Ilha de Itaparica, ou "Cerca de Pedras" é a maior de todas as ilhas da Baía de todos os Santos. O nome dado pelo os índios Tumbinambás, primeiros habitantes da ilha, justifica-se pela formação de recife na Ponta de Areia e na costa leste da ilha, que é formada pelas belas e tranquilas praias de Barra Grande, Aratuba e Berlique, se estendendo até a extremidade sul da ilha, chegando-se na praia de Caixa Prego, um povoado aconchegante e tranquilo. Itaparica oferece boa infraestrutura de serviços turísticos, a ilha recebe visitantes dos quatro cantos do mundo. A ilha se divide em dois municípios: a pequena cidade de Itaparica, que conserva a maior parte da história do lugar; nela fica o Forte de São Lourenço, que foi fundamental na luta pela independência do Brasil; e a pitoresca Fonte da Bica; ou "fonte da juventude", construída em 1942. Conta-se que existe uma crença que a fonte faz velha virar menina. Será? Não custa nada dar uma conferida! E Vera Cruz, cuja sede é Mar Grande. A cidade é maior e mais urbanizada, dispondo de vários serviços. Uma dica interessante ao visitante, é que dê uma chegadinha para conhecer a casa de João Ubaldo Ribeiro, na orla da praia de Ponta de Areia; e a casa de veraneio de Vinícius de Moraes na ilha. A ilha de Maré, que é o lugar perfeito para relaxar, para se integrar com o mar, também dispõe de serviços de hotelarias e opções de bares e restaurantes. E a encantadora "ilha estrela", a Ilha dos Frades, que é formada por um território de15 pontas, que se parece com uma estrela. Nela os visitantes, geralmente chegam pela praia de Nossa Senhora de Guadalupe, e logo avistam no alto do morro a Igreja de Guadalupe, que foi edificada no século XVII. Já a igreja de Nossa Senhora do Loreto, localizada na Ponta do Loreto, foi construída entre 1640 e 1645. A igreja fica numa pequena enseada, a beira mar, é um dos locais mais belos da ilha. A Ilha dos Frades é também uma das mais importantes do ponto de vista paisagístico. Dona de exuberante floresta atlântica, conta com inúmeras árvores nativas, inclusive pau-brasil. Em toda parte há vestígios históricos dos jesuítas, que foram donos da ilha. Uma curiosidade é que o nome da Ilha foi inspirado no grupo de religiosos, que sobreviveu a um naufrágio, e encontrou abrigo na ilha. Frades é a mais primitiva do roteiro turístico, e oferece apenas bares que ficam na praia de Nossa Senhora. Para os desbravadores de plantão, está aí um roteiro instigante de conhecer e apreciar sem moderação a sua imensidão e fascínio. Para você que gostou dessa super dica de passeio, venha realiza o passeio volta a Baía de todos os Santos. Oferecemos o roteiro Ilha dos Frades à praia de Ponta de Areia na Ilha de Itaparica. O passeio tem saída todos os dias ás 09:00h, com retorno ás 17:30h. Durante o passeio tem som ao vivo de músicos locais e rodizio de frutas. Permanecemos aproximadamente 2h em cada ilha, para que você possa apreciar o lugar e desfrutar da culinária local.

Fonte: IslandTour